PORTUGAL

VISÃO GERAL ECONÓMICA

Os últimos anos foram muito interessantes para Portugal, a crise de 2008 posicionou o país num grande desafio económico. 

A liderança do estado conseguiu controlar o resultado e enfrentar as novas regulamentações e restrições da UE, já em 2013 ficou claro que Portugal está no caminho certo. 

As boas notícias vêm para todos os segmentos, o turismo subiu rapidamente dando um enorme impulso à economia, a exportação de bens e serviços mostrou um grande crescimento de ano para ano, o desemprego atingiu um nível de 8,9% em 2017(17,5% em 2013) e prevê-se uma queda para 7.8% em 2018. O PIB cresceu em 2017 foi revisto em alta de 1.8% até 2.6%. 

Acrescentando a tudo isto, Portugal indexa o ranking no índice de paz global na 3ª posição, além da conquista de diversos e importantes prémios na área de turismo. Pelo terceiro ano consecutivo foi considerado o melhor lugar para se reformar no mundo e muito mais ótimas notícias que reposicionaram fortemente Portugal no mapa dos investidores. 

Depois de um longo congelamento do mercado imobiliário que durou até 2013-2014, o mercado recuperou e atuou fortemente em todos os setores: residencial, grande retalho, escritórios e hotéis. 

O lançamento do programa Golden Visa em 2014, e o forte incentivo de programas, especialmente em Lisboa e Porto, conjuntamente com os benefícios não habituais a nível de impostos para residentes, provou ser extremamente eficaz, e o mercado respondeu rapidamente a isso com os preços subindo ano após ano, quebrando novos registos a cada trimestre. 

A reabilitação continua a ser o foco principal dos investidores. Lisboa, Porto e Algarve continuarão a liderar. 

Nos últimos anos a estabilidade do crescimento continuará a impulsionar investidores para Portugal. A longa escassez no mercado imobiliário continuará a aumentar os preços nos próximos 3 anos, até novas construções iniciarem e estabilizarem os preços. 

O Porto continuará a ser o centro da atividade do nosso Grupo devido à sua atração, especialmente nos 1º e 2º círculos. 

Lisboa continuará com forte procura o nível de preços a requer uma profunda e extensa diligência e pesquisa de mercado pontual na área alvo.

Elad Dror

CEO | CO-Fundador

Depois de um 2017 ativo, em que o setor do retalho atraiu 35% do total investido em Portugal no mercado imobiliário, os volumes de transações parecem ser igualmente robustos até 2018.

O setor de escritórios foi o segundo maior ativo negócio, com 31% do volume total investido. 
A procura de escritórios está a ficar mais forte e a tornar-se mais diversificado.

Em 2017, investimento imobiliário comercial atingiu o pico de 1,9 bilhão . E as perspetivas para 2018 são ainda melhores. Embora os investimentos são esperados chegar a pelo menos 2.5 bilhões , o atual dinamismo do mercado pode vir a atingir cerca de 3 bilhões .

Aumento do índice de preços de habitação por m2 durante o último 2º trimestre 2017 em ambas as cidades de Lisboa e Porto.

PIB

TAXA DE DESEMPREGO

lisboa

Área Metropolitana

2.8

milhões de habitantes

Prémios

2017 “Best City of World”

by Wallpaper Design Awards

Aeroporto

112

destinos

Estudantes

134.000

estudantes no ensino superior

PORTO

Área Metropolitana

1.8

milhões de habitantes

Prémios

2017 / 2014 / 2012

“Best European Destination”

Aeroporto

80

destinos

Distância

314km

de Lisboa

Edifício Península, Praça do Bom Sucesso, nº131, Escritório 204
4150 -146 Porto, Portugal
(+351) 220 110 929
info@fortera.pt