Setembro 28 2017 0Comment
Vistos Gold - Linha de Suporte para Acelerar o Processo de Ouro Visa

‘Linha Azul’ para acelerar a concessão dos Vistos Gold

Para travar a fuga de investimentos devido à excessiva demora na concessão dos Vistos Gold, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) criou uma linha para acelerar os processos.

A “linha azul” irá assim dar respostas mais rápidas aos investidores estrangeiros que mantêm o interesse em Portugal. Também os pedidos de emissão ou renovação das Autorizações de Residência para Investimento (ARI) vão passar a ser tratados como processos prioritários até ao final deste ano.

Ao Diário de Notícias o SEF confirmou que “está previsto até ao final do ano aumentar a criação de atendimentos especializados para diversas áreas” entre as quais a ARI. A ideia é criar um serviço expresso para garantir que não é perdido investimento.

Trata-se de uma medida para travar a queda do investimento estrangeiro em Portugal, que recuou 5% em Abril em termos homólogos nos Vistos Gold e também 5% nas ARI.

http://www.diarioimobiliario.pt/Actualidade/Vistos-gold-511-33-M-nos-4-primeiros-meses-do-ano

Também o Governo já tinha recentemente ampliado os critérios de atribuição de vistos ‘gold’.

Será a terceira alteração ao programa de atribuição de vistos ‘gold’, criando novas possibilidades de investimento e ao diminuir os montantes de capitalização para assim privilegiar investimentos em Pequenas e Médias Empresas (PME).

No âmbito de alterações legislativas, o Conselho de Ministros prevê a atribuição de autorizações de residência para estrangeiros que invistam 350 mil euros na criação de empresas portuguesas ou reforço do capital social de empresas nacionais, desde que se criem ou mantenham cinco postos de trabalho permanentes.

http://www.diarioimobiliario.pt/Actualidade/Ampliados-criterios-de-atribuicao-de-vistos-gold

(Notícia de Diário Imobiliário)
http://www.diarioimobiliario.pt/Actualidade/Linha-azul-para-acelerar-a-concessao-dos-Vistos-Gold

Related Posts

fortera

Write a Reply or Comment